1
 
1
 

Tigres, Dunas, Palácios e Templos

36 dias / 35 noites

Delhi/Agra/ Gwalior/ Orcha/ Khajuraho/ Varanasi/ Delhi/ Chennai/ Mahabalipuram/ Pondicherry / Tanjore/ Trichy/ Madurai/ Munnar / Periyar/ Kumarakom/ Allepey/ Backwaters/ Marari/ Cochin/ Calicut/ Ooty/ Mysore/ Hassan/ Bangalore

1º Dia – Avião  Delhi
Chegada ao aeroporto internacional.  Noite no hotel.

2º Dia  – Delhi
Após o café da manhã visita guiada de Deli, capital da Índia. Com mais de 14 milhões de habitantes é a terceira cidade do país. Descoberta da parte nova da cidade a  "New Deli" com a  visita do  Raj Ghât, lugar de incineração do Mahatma Gandhi situado na margem do rio Yamuna,  o minarete "Qutab Minar", a porta da Índia, os edificios  governamentais e o bairro das embaixadas. Continuaremos a visita na parte antiga da cidade  "Old Deli". Visita da mesquita "Jama Masjid", construída no século XVII (para entrar é necessário descalçar-se e ter os joelhos e os ombros cobertos) é, sem dúvida, a maior e a  mais bonita mesquita da Índia. Passagem pelo bairro comercial de Chandni Chowk e pelo Red Fort "Lal Qila", situado  em face da mesquita. Passeio em Rickshaw-bicicleta para visitar o famoso bairro Chandni Chowk a  multidão impressionante e ver a Índia profunda. Passaremos pelos mercados de tecidos Kinari Bazar, Dariba e pelos bazares principais da cidade antiga. Passeio pelo mercado de especiarias Khari Baoli que é um dos mercados de especiarias mais importantes da Ásia
Noite no hotel

3º Dia – Delhi / Agra
Depois do café da manhã partida para Agra. Em Agra visita  do Forte de Agra (situado nas margens do Rio Yamuna e mandado construir pelo Imperador Akbar no século XVI)  e dos edifícios que fazem parte deste  complexo :o Moti Masjid "a mesquita da pérola"( este edifício de mármore com proporções ideais, tem uma inscrição no interior que o  compara com uma pérola de forma perfeita ) Diwan-i-Am "pavilhão das audiências públicas" constrído para substituir um precedente edifício em  madeira ; a Sala do Trono, com  incrustações em mármore, destinada a receber os funcionários e a ouvir os  pedidos dos subditos ; Diwan-i-Khas, "sala das audiências privadas" onde o Imperador recebia  personalidades importantes  e  Embaixadores. O famoso trono do Pavão encontrava-se aqui antes de ser transportado para  Deli e depois para o Irão. Estes edificios foram construídos pelo neto do Imperador Akbar,  Shah Jehan,  durante o século XVII.
Ao por do sol , visita do Taj Mahal, o mais bonito monumento da Índia: este monumento Moghol, foi construído pelo imperador Shah Jehan em memória da sua esposa Mumtaz Mahal,  "A Senhora do Taj ” . Ela morreu após 17 anos de casamento  e depois de dar à luz o 14º filho em 1629, tendo o Taj Mahal sido construído sobre o seu  túmulo.
O Taj foi construído entre 1631 e  1653. O aspecto deste  Palácio   e a atmosfera que dele se liberta evolui de acordo com as horas do dia.
Noite no hotel

4º Dia – Agra / Gwalior
Depois do café da manhã partida para  Gwalior. Os vestígios do seu glorioso passado foram preservados, dando a Gwalior uma atmosfera  única e intemporal. Cada dinastia deixou o seu contributo; cavaleiros, poetas, músicos e santos, fizeram desta cidade uma capital famosa em todo o país e que ainda hoje  vibra intensamente. À chegada instalação no hotel. De tarde visita da cidade. A fortaleza de Gwalior domina a cidade e é, sem dúvida, um dos mais bonitos monumentos, depois visitaremos  o Palácio Man Mandir, Teli-Ka-Mandir e Sas-Bahu-Ka-Mandir. Estes dois templos dedicados à Vishnu foram construídos respectivamente no séc IX e século XI.
Noite no hotel

5º Dia  – Gwalior / Orchha
Depois do café da manhã partida para  Orchha. Chegada e instalação no hotel. Tarde livre para passear na ciddae ou descansar. Noite no  hotel.

6º Dia – Orchha
Depois do café da manhã visita da cidade  de Orchha, magnífica cidade medieval, ainda  relativamente pouco conhecida e fora dos circuitos habituais de turistas. Visitaremos os esplêndidos palácios e templos e a beleza intacta desta pequena cidade.
Noite no hotel.

7º Dia – Orchha / Khajuraho
Depois do café da manhã  partida para  Khajuraho. Chegada ao fim da tarde, instalação no hotel e tempo livre.
Noite no hotel.

8º Dia  – Khajuraho
Depois do café da manhã  visita da cidade de Khajuraho, a antiga capital da dinastia de Chandela. Estes templos (séc X e séc XI) são famosos pelas suas esculturas érotiques. De manhã, visita do principal conjunto de Templos do lado Oeste que é um bonito exemplo da arquitectura religiosa da Índia do Norte. De tarde, visitas dos Templos do lado este e o Sul. Noite no hotel.

9º Dia – Khajuraho / Varanasi
Depois do café da manhã transfert para o aeroporto para embarcar em direcção a Varanasi, cidade santa e capital religiosa da Índia que atrai mais peregrinos do que qualquer outro tirth (lugar de peregrinação) na Índia. De tarde  visita da cidade de Varanasi:  templos, bazaars e   Universidade Hindu. Ao fim da tarde passeio de barco sobre  o Ganges onde  assistiremos  à aarti (as preces). À noite,  cerimónia de ofertas ao  Ganges sagrado.
Noite no hotel

10º Dia  – Varanasi
De manhã cedo, passeio de barco sobre o Ganges , ao longo dos ghâts, escadas na margem do rio. Observar as devoções sobre os ghâts é uma experiência a não perder quando se  visita a Índia. Regresso ao hotel para o almoço.
 De tarde, visita de Sarnath, situada em 10 Km Varanasi, que é tão sagrada para os Budistas como Varanasi para os Hindus. Buda veio ao parque dos veados em 528 a.c. para pregar a Roda da Lei, a sua primeira prédica após ter conseguido a iluminação. É um lugar de peregrinação famoso no mundo budista. Hoje só existem  apenas 1% de adeptos budistas na  época da conquista muçulmana, o sítio foi em grande parte destruído. As  mais belas  descobertas estão  protegidas no museu de Sarnath.
Regresso à Varanasi e noite no hotel.

11º Dia – Varanasi / Delhi / Chennai
Depois do café da manhã  transfert para o aeroporto para embarcar com destino a Deli. Em  Delhi, embarque no  vôo com destino a  Chennai (Madras).  Chegada a  Chennai, transfert para o hotel.
Noite no hotel.

12º Dia – Chennai / Mahabalipuram
Depois do café da manhã visita de Madras, também conhecida pelo nome de Chennai. Esta trepidante  metrópole tem uma  forte marca arquitectural da colonização britânica.
Depois partida para Mahabalipuram , conhecida pelo seu templo à beira mar. A caminho visita de Kanchipuram.
Chegada a Mahabalipuram, instalação no hotel e  tempo livre para descansar ou  passear na  praia ou assistir ao regresso dos pescadores.
Noite no hotel.

13º Dia – Mahabalipuram
Depois do café da manhã  visita de Mahaballipuram que é uma pequena aldeia onde a brilhante dinastia  Pallava (VIIIème século) deixou maravilhosos templos rupestres. Veremos o célebre  baixo-relevo que representa a Descida do  Ganges sobre a terra, o Templo da Costa, a  Ratha de Ganés - grandes carros de pedra esculpidos - e os templos escavados. Ao fim da tarde passeio na praia para assistir ao regresso dos pescadores Noite no hotel.

14º Dia – Mahabalipuram / Pondicherry
Depois do café da manhã partida para Pondichéry, antigo enclave francês. Chegada a  Pondicherry, instalação e noite no hotel.

15º Dia – Pondicherry
Depois do café da manhã visita de Pondicherry. A cidade era no séc XVIII a sede Indiana da Companhia Francesa das Indias  Orientais. Foi Francesa entre 1816 e 1954 e ainda  hoje é um centro importante da cultura Francesa. Em Pondichery há uma  Aliança Francesa, um liceu Francês e um instituto Francês especializado no estudo das civilizações e as línguas Indianas. Passeio pelas ruelas onde se sente uma atmosfera europeia e pelo « big bazar » onde se sente mais o  ritmo indiano.
Noite no hotel

16º Dia  – Pondicherry / Tanjore
Depois do café da manhã partida para Tanjore. A caminho, visita dos templos de Chidambaram, de Gangakondaicholapuram e de Kumbakonam. Chidambaram foi uma capital do reino Chola, o reino mais brilhante da Índia do sul.
Kumbakonam é uma cidade animada, conhecida pelos seus templos com esculturas vivas e coloridas. O Sarangapani Templo é dedicado à Vishnu, e o Kumbeshvara dedicado a Shiva. Continuação para Tanjore. Chegada, instalação e noite no hotel.

17º Dia – Tanjore / Trichy / Tanjore
Depois do café da manhã saída para uma excursão  a  Trichy. Visita da cidade ; em Trichy existem  dois magníficos templos hindu. O primeiro, o templo Sri Ranganathaswamy, é um importante conjunto religioso Vishnouite de 60 hectares e um imenso gopuram (torre de forma piramidal) é a  entrada principal. Numerosas dinastias participaram na sua construção (chola, chera, pandya, nayak...). O segundo, o templo Sri Jambukeswara é dedicado a  Shiva e Parvati e faz parte dos templos dedicados aos cinco elementos.
Regresso à Tanjore e noite  no hotel.

18º Dia – Tanjore / Madurai
Depois do café da manhã no hotel, visita da cidade. Tanjore foi a capital dos reis Chola à quem se devem os templos da cidade e dos arredores. A região, conhecida pelo o seu artesanato, está coberta de planícies férteis,  e os arrosais asseguram uma grande parte das necessidades de arroz do Tamil Nadu. O templo de Brihadishwara, dedicado a Shiva, é uma jóia  da arquitectura sagrada Chola e está inscrito no Património Mundial da UNESCO. Visita do  templo Brihadishwara em Tanjore. Partida para Madurai, uma das cidades mais antigas da Índia do Sul. Instalação e noite  no hotel

19º Dia – Madurai 
Depois do café da manhã visita da cidade e e do Tirumalai Nayak Palace, palácio indomuçulmano construído em 1523. Tempo livre para disfrutar do ambiente da cidade. As ruas estão constantemente invadidas por  peregrinos,  mendigos, mercadores, carros de bois e rickshaws. O centro de Madurai é um grande bazar onde se misturam lojas, mercados e vendedores ambulantes.  Visita do famoso Meenakshi Templo. O templo com os  12 "gopurams" de 40 a 50 m de altura  atrai peregrinos vindos de toda a Índia.
Á noite, possibilidade de assistir à cerimónia do puja "Deitar de Shiva".
Noite no hotel.

20º Dia  – Madurai / Munnar
Depois do café da manhã deixamos  Madurai e as planícies  do Tamil Nadu para alcançar as  elevadas montanhas do Kerala e atingir a região de Munnar. Veremos panoramas espantosos  sobre estes elevados relevos, e as  magníficas plantações de chá que cobrem cada espaço da paisagem.
Noite no hotel

21º Dia– Munnar / Periyar
Depois do café da manhã  partida para a pequena povoação de Thekkady, perto do Parque nacional do lago Périyar no meio das plantações de especiarias. As colinas circundantes estão cobertas por plantações de pimenta, cardamoma, cominhos, café, cravo-da-índia, etc..
Construída em 1895 no rio Periyar, em Thekkady, a barragem de Mullaperiyar submergiu uma vasta extensão de terra e criou um enorme lago com cerca de 26 km quadrados de extensão. Em 1935, os 600 km quadrados de floresta à volta do lago foram declarados reserva de vida selvagem pelo então marajá de Travancore. Hoje, o lago de Periyar forma o núcleo de um ecossistema que se tem expandido até aos 777 km quadrados. Classificado como Reserva de Tigres em 1978, este santuário é um raro exemplo de como a mão humana pôde interferir positivamente no meio ambiente.
As florestas caducifólias, pastagens e vegetação tropical de Periyar são o habitat de muitas espécies ameaçadas, como o macaco-de-cauda-de-leão, o gaur, o urso-beçudo, e o Lóris-delgado. O lago, e as pastagens abundantes fazem da reserva o habitat ideal para as manadas de elefantes, com cerca de 800 individuos.
Nuit à l'hôtel.

22º Dia – Periyar / Kumarakom
Depois do café da manhã partida para Kumarakom. Visita de uma plantação de especiarias. Chegada e instalação no hotel. No fim da tarde, ao por do sol  passeio de barco no lago Vembanadu. Noite no hotel.

23º Dia  – Kumarakom / Allepey (Backwaters)
Depois do café da manhã partida  para um cruzeiro de um dia e uma noite em "house boat"  nos backwaters do Kerala. Esta vasta extensão de lagoas, lagos, rios e  canais limita a costa do Kérala e serpenteia por entre a vegetação  luxuriante das aldeias. Mergulhamos na vida dos aldeões que vivem sobre estreitas bandas de terra e dedicam-se á pesca, ao transporte de mercadorias, como a fibra de coco, coco seco ou castanha de cajú. Estes lugares convidam à calma e à meditação.
Jantar e noite a bordo.

24º Dia – backwaters
Dia em Houseboat com algumas paragons  para visitar as pequenas aldeias típicas. Pensão completa  a bordo. Noite a bordo

25º Dia – Allepey (Backwaters) / Marari
Depois do café da manhã  no barco, transfert para o Marari beach Resort, nas margens do mar de Oman. Situado perto da aldeia de pescadores de Mararikulam, é a etapa ideal para relaxar à beira mar ou para uma  cura de cuidados ayurvédicos que preconizam um estilo de vida saudável e iluminado. Ficará instalado(a) no coração de uma grande plantação de coqueiros, circundada por  uma magnífica praia de areia. Tarde livre para disfrutar deste paraíso e descansar.
Noite no hotel.

26º Dia – Marari
Dia livre para descansar ou  aproveitar a praia e as numerosas infra-estruturas do hotel. Noite no hotel.

27º Dia  – Marari / Cochin
Depois do café da manhã  partida para Cochin. Instalação no hotel  e tarde livre para passear  nas ruas  de Forte Cochin e visitar, por exemplo o seu mercado ao peixe. Á, espectáculo de danças kathakali. Noite no hotel.

28º Dia– Cochin
Depois do café da manhã  visita da cidade: Palácio dos Holandeses (nome erróneo pois este Palácio foi erguido pelos portugueses em meados de 1550) convertido em museu contendo uma rara colecção de murais e objectos reais. Depois, visita da Sinagoga de Paradesi, e das Igrejas de Santa Cruz e de  São Francisco, Vasco da Gama foi aqui sepultado em 1524 antes de ser trasladado para Portugal 14 anos depois. 
Noite no hotel

29º Dia – Cochin /Calicut
Depois do café da manhã  partida para Calicut (4 h), a caminho, paragem  em  Guruvayoor para  visitar o Templo dos Elefantes. Tarde livre. Á noite , visita da escola de Kalaripayatt (artes marciais da Índia do Sul). Noite no hotel.

30º Dia – Calicut / Ooty
Depois do café da manhã, partida para Coonoor  para uma viagem de comboio com destino de Ooty. Esta pequena cidade é a melhor das estâncias de montanha situada a 2.280 m de altitude. Este passeio oferece paisagens de vales verdejantes, estâncias de montanha e pequenas aldeias. É uma das principais regiões produtoras de chá. Chegada e noite no hotel.

31º Dia– Ooty / Mysore
Depois do café da manhã partida para Mysore. Visita da "cidade do sândalo". Mysore é um importante centro cultural, com a maior universidade de Karnataka, sendo também conhecida pela talha de sândalo, trabalho de marfim e tecelagem de seda. Caminhada até ao monte Chamundai que oferece um belo panorama sob a cidade.
Noite no hotel

32º Dia – Mysore  
Depois do café da manhã  visita da cidade histórica, porta de entrada do comércio das especiarias. Entre campos fertéis e orlada por montes verdejantes, as ruas são ladeadas de árvores e embelezadas por elegantes edifícios públicos.
É a "cidade dos perfumes", bonita, provincial, calma, com o seu palácio barroco que evoca as castas miticas dos maharajahs.
Noite no hotel.

33º Dia– Mysore / Hassan
Depois do café da manhã  partida para Sravana Belgola. Esta cidade foi fundada em 3000 A.C. quando o rei maurya Chandragupta se retirou neste lugar com o seu  guru jaina Bhadrabahu. Os seus discípulos propagaram o ensino jaina em toda a região, e a cidade, desde essa data, é um dos  centros de peregrinação jaina mais importantes do país. É lá que se encontra a monolítica estátua  despida de  Gommateshuara. Erigida sob o reino do rei Ganga Rachamalla, esta estátua mede  17,7m e representa o Salvador com o olhar impassível. Á volta das suas pernas e dos braços crescem trepadeiras, indicando o tempo que ele esteve imóvel  a meditar.
Foi erigida sobre a colina de Vindhyagiri e é  visível a mais 20km. Os peregrinos devem subir 614 degraus com os pés descalços para poderem atingir os pés da estátua. Chegada a Hassan ao  fim do dia. Instalação e  noite no hotel.

34º Dia – Hassan
Depois do café da manhã visita dos templos Hoysala de Bélur e Halebid,  obra de  arte religiosa  do século X e outros santuarios da região de Hassan. Visita da aldeia de Halebid cujo templo incompleto Hoysaleshvara consagrado à Shiva e Parvati, é uma verdadeira maravilha. A Bélur, visita do  templo deixado pela dinastia do Hoysala. Foi construído sob a autoridade de Vishnuvardhana em 1110-1152. Entre  as numerosas esculturas,  podem ver mulheres a dançar  ou em posições rituais nos ângulos, e cada grande divindade  hinduista está representada. Regresso a Hassan, noite no hotel.

35º Dia – Hassan / Bangalore
Depois do café da manhã partida para  Bangalore. Instalação e noite no hotel.

36º Dia – Bangalore
Depois do café da manhã visita de Bangalore : os  jardins de le Lal Bagh, considerados como os jardins botânicos mais ricos do sul da Ásia, o Bangalore Palace, une réplique do Castelo  de Windsor,  e o  Cubbon Park.
Depois transfert  para o aeroporto internacional para embarcar para o vosso destino .
Fim dos nossos serviços.
Namastê.

PACOTES
As cores do Rajastão Especial Rajastão Paisagens do Rajastão
Rajastão dos Principes e dos Palácios Tigres, Dunas, Palácios e Templos Índia Sagrada, Parques Naturais e Rajastão
Rajastão e Tesouros du Sul As Pérolas do Rajastão Rajastão e Maravilhas do Deserto
Natureza e Cultura Lua de Mel na Índia Rajastão e Meditação
Casamento tradicional na Índia Safaris e Rajastão Secreto Rajastão, Terra dos Marajás
Rajastão e Goa Rajastão e Ganges Sagrado Perfume do Sul
MAPAS DA ÍNDIA
Andra Pradesh Assam Arunachal Pradesh Bihar Rajasthan
Gujarat Haryana Himachal Jammu & Kashmir Jharkhand
Karnataka Kerala Madhya Pradesh Maharashtra Manipur
Mizoram Nagaland Orissa Punjab Chhattisgarh
Tamil Nadu Uttranchal Uttar Pradesh West Bengal Lugares turísticos
Goa As praias
Estâncias de montanha Palace on Wheels Santuários da Vida Selvagem
CIDADES
Delhi Jaipur Jaisalmer Agra Bikaner
Shekhawati Pushkar Jodhpur Udaipur Ranakpur
Chennai Calicut Pondicherry Mysore Mahabalipuram
Allepey Banglore Madurai Periyar Cochin
Munnar Kodaikanal      
RELIGIÃO
Trindade Hinduísta

Ganesh

Shiva Visnhu Lakshmi
Hanuman  Kali Surya Saraswati Krishna
Budismo Hinduísmo Islamismo Jainismo Sikismo
OUTRAS INFORMAÇÕES
A cozinha indiana Ayurveda Jawaharlal Nehru Mahatma Gandhi Pan
Taj Mahal A flor de Lótus Kathakali Mantra AUM As Vacas Sagradas
Castas Indira Gandhi Madre Teresa Os elefantes Yoga
HOTÉIS NA ÍNDIA